Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia Torácica

Em relação à cirurgia torácica videoassistida (CVTA), pode-se afirmar que:

  • A.

    ACVTAé de pouca utilidade no esclarecimento de derrames pleurais de origem indeterminada

  • B.

    Uma de suas poucas contraindicações reside no tratamento de tumores neurogênicos benignos menores que cinco centímetros, mesmo sem componente intraespinhal.

  • C.

    Embora a CVTA possa ser utilizada para realização de esofagectomias, tal indicação deve ser avaliada criteriosamente devido às altas taxas de lesão de traqueia e do nervo laríngeo recorrente associadas ao procedimento.

  • D.

    No hemotórax coagulado se os objetivos forem a coagulação de possíveis pontos sangrantes e esvaziamento dos coágulos, a CVTA é uma das indicações mais precisas.

  • E.

    É consenso na literatura que a remoção de corpo estranho intrapleural é contraindicação absoluta à utilização da CVTA.