Medicina Especialidade Clínica Cirúrgica

Paciente de sexo masculino, 28 anos de idade, previamente hígido, sofre trauma abdominal fechado em colisão de automóvel. O paciente é observado por 24 horas, sendo então liberado. Após 10 dias, apresenta fezes enegrecidas, dor em hipocôndrio direito e icterícia. A endoscopia digestiva alta revela gastrite leve de antro, sem sangramento ativo. O duodeno mostra pequena quantidade de sangue diluído na secreção local, não se identificando úlceras de mucosa até segunda porção. O exame com maior probabilidade de elucidar o diagnóstico é:

  • A.

    Ultrassonografia abdominal superior.

  • B.

    Tomografia computadorizada de abdome.

  • C.

    Arteriografia hepática.

  • D.

    Mapeamento hepático com Disida.

  • E.

    Arteriografia de mesentérica superior.