Medicina Especialidade Clínica Cirúrgica

M. C., de 65 anos, chega ao hospital às 21h, acompanhada do filho mais velho, por quadro de dor abdominal. Nesta sua primeira consulta em hospital, ela afirma que neste dia, pela manhã, começou uma “dor estranha no meio da barriga”. Durante o final da manhã, apresentou náuseas e um episódio de vômito alimentar. A paciente relata que não conseguiu almoçar. Durante o começo da tarde, a dor foi piorando e agora ela está mais forte e parece que se concentrou na parte inferior do lado direito do abdômen. A idosa não apresentou ânimo para executar as atividades habituais e, mesmo sem ter almoçado, recusou também o café-da-tarde e continuou com o quadro de náusea. Conta que seu filho mais velho veio visita-la no final da tarde, aferiu sua temperatura (37,5oC) e acabou insistindo que ela viesse ser consultada no hospital. Após relutar, confessa não estar no seu quadro normal.

Baseado nessa conversa inicial entre a paciente e o médico, o quadro clínico mais provável é:

  • A.

    Úlcera perfurada.

  • B.

    Pancreatite aguda.

  • C.

    Apendicite aguda.

  • D.

    Isquemia mesentérica.

  • E.

    Gastroenterocolite aguda.