Medicina Especialidade Clínica Cirúrgica

Paciente do sexo masculino, 25 anos, procura o serviço de cirurgia apresentando massa indolor do testículo direito, sensação de peso na região escrotal e região inferior do abdome. A ultrassonografia escrotal diagnosticou lesão testicular sólida, intraparenquimatosa, de 3 cm de diâmetro. O cirurgião assistente solicitou exames laboratoriais que confirmaram aumento significativo da beta-HCG e alfafetoproteína. A conduta a ser tomada frente ao caso é:

  • A.

    biópsia de uma amostra da massa testicular por via escrotal.

  • B.

    orquiectomia inguinal radical com ligadura alta do cordão espermático na altura do anel inguinal interno.

  • C.

    orquiectomia por via escrotal com ligadura do cordão o mais baixo possível, próximo ao testículo.

  • D.

    biópsia da massa testicular com agulha de Vin-Silverman.

  • E.

    ressecção da massa testicular com conservação do testículo.