Medicina Especialidade Clínica Cirúrgica

Uma paciente com 35 anos de idade, portadora de lúpus eritematoso sistêmico (LES), dirigiu-se ao serviço de emergência com queixas de dor retroesternal e desconforto respiratório. Essa paciente encontrava-se hipotensa, pálida, febril, taquipnéica, taquicárdica, com bulhas cardíacas hipofonéticas. O ECG mostrou supradesnivelamento de ST em todas as derivações, associada à baixa voltagem em derivações periféricas. O raio X de tórax demonstrou aumento de área cardíaca e congestão pulmonar. Exames de laboratório mostraram níveis séricos de uréia de 126 mg/dL, creatinina de 2,4 mg/dL e potássio de 5,5 mEq/L. O EAS mostrou proteinúria. Em observação, a paciente apresentou falência respiratória, bradicardia extrema e convulsão tônico-clônica generalizada, sendo reanimada com êxito, mantendo-se torporosa.

 Acerca do caso clínico acima descrito, julgue os itens a seguir.

Endocardite lúpica, a causa mais freqüente de comprometimento cardíaco do LES, é a causa provável das alterações auscultatórias e radiológicas encontradas no caso em apreço.

  • C. Certo
  • E. Errado