Medicina Especialidade Clínica Cirúrgica

Na transfusão de hemoderivados, têm-se três objetivos principais, que são: melhorar a capacidade de transporte de oxigênio, melhorar a hemostasia e aumentar o volume sanguíneo em determinados casos de choque. Acredita-se que em vigência dos riscos e benefícios da transfusão sanguínea, não se deve basear somente em níveis-alvo de hemoglobina ou do hematócrito, mas sim considerar o risco de o paciente desenvolver complicações secundárias ao aporte periférico de oxigênio inadequado. Dentre as condições clínicas relacionadas, assinale a que NÃO é considerada como uma complicação imediata de uma hemotransfusão.
  • A. Reações febris.
  • B. Reações alérgicas.
  • C. Reações hemolíticas.
  • D. Sobrecarga circulatória.
  • E. Doenças transmissíveis.