Medicina Especialidade Clínica Cirúrgica

A infecção é uma complicação associada aos procedimentos cirúrgicos que pode retardar e comprometer seriamente a recuperação do paciente operado. Em relação à prevenção da infecção, pode-se afirmar que

  • A. na profilaxia, deve dar-se preferência aos antibióticos de última geração, pela sua maior eficácia.
  • B. nas cirurgias de grande porte, a profilaxia com antibióticos deve prolongar-se por, pelo menos, 7 dias.
  • C. nas cirurgias limpas, em princípio, não se deve fazer profilaxia com antibióticos.
  • D. na apendicite aguda, a escolha do antibiótico para profilaxia deve ser baseada nos resultados da cultura e antibiograma da secreção periapendicular.
  • E. se ocorrer febre no pós-operatório, o antibiótico profilático deve ser trocado e a profilaxia deve ser mantida por período mais prolongado.