Medicina Especialidade Clínica Geral

Uma mulher de 38 anos apresenta uma convulsão na sala de espera da unidade básica de saúde. A avaliação imediata após a crise revela que ela estava com sua respiração e pulso normais. Entretanto, ela não fala e não obedece a comandos. Suas pupilas estão igualmente reativas e não há nistagmo. Vinte minutos após a primeira crise ela apresenta quadro de extensão tônica bilateral do tronco e membros, seguido por contrações sincrônicas bilaterais e incontinência urinária.

Qual o melhor diagnóstico?

  • A.

    Convulsão tônico-clônica generalizada.

  • B.

    Convulsão parcial simples.

  • C.

    Convulsão parcial complexa.

  • D.

    Estado de mal epiléptico (Status Epilepticus).

  • E.

    Epilepsia parcial contínua.