Medicina Especialidade Clínica Geral

Uma paciente de 56 anos procura seu médico de família com queixas de cefaléia intensa na região temporal, bilateral, às vezes associada a visão borrada e escotomas, com freqüência de mais de 4 episódios mensais. Relata estresse no trabalho e em casa há cerca de 4 meses. O exame físico é normal exceto por dor à palpação em região temporal bilateralmente.

A conduta mais apropriada deve ser:

  • A.

    Prednisona VO e encaminhar para especialista.

  • B.

    Propanolol VO e derivados do ergot nas crises.

  • C.

    Amitriptilina VO associado a paracetamol nas crises.

  • D.

    Bromazepam VO associado a sumatriptano nas crises.

  • E.

    Dexametasona VO e encaminhar para especialista.