Medicina Especialidade Clínica Geral

       Durante uma consulta médica, uma paciente de 32 anos de idade queixou-se de fadiga, cansaço, intolerância ao frio, constipação, cãibras musculares, ganho de peso e amenorréia. Seu exame físico mostrou freqüência cardíaca de 53 bpm, pressão arterial de 130 mmHg × 100 mmHg, língua espessa, voz empastada, tireóide palpável, difusa e simetricamente aumentada de volume, indolor, de consistência firme e elástica e presença de edema endurecido, com pele seca e amarelada na região pré-tibial dos membros inferiores. Os exames laboratoriais realizados mostraram: anemia normocrômica e normocítica; níveis de TSH de 10,5 mU/L (valores de referência entre 0,4 e 6 mU/L); T4 livre de 0,1 ng/dL (valores de referência entre 0,8 e 2,4 ng/dL); sódio plasmático 125 mEq/L (valores de referência entre 135 e 145 mEq/L); anticorpos antitireoglobulina 1/6.400 (valor de referência: não-reagente menor que 1/100) e anticorpo antiperoxidase tireoidiana (anti-TPO) igual a 70 U/mL (valor de referência < 35 U/mL) e colesterol total de 280 mg/dL (valor de referência < 200 mg/dL).

Com relação a esse caso clínico, julgue os seguintes itens.

Os dados clínicos e laboratoriais apresentados permitem firmar o diagnóstico sindrômico de hipotireoidismo primário.

  • C. Certo
  • E. Errado