Medicina Especialidade Clínica Geral

       Um paciente de 22 anos de idade deu entrada no prontosocorro trazido por familiares, que informam que o rapaz ingeria grande quantidade de bebidas alcoólicas destiladas, quando passou a queixar-se de mal-estar geral, sensação de escurecimento visual (sem perder a consciência) e palpitações taquicárdicas intensas. Não foram relatados episódios ou doenças prévias. O exame físico mostrou paciente com sonolência, respondendo aos comandos verbais, palidez cutânea, leve cianose acral, hálito alcoólico e sinais de alcoolismo agudo (nistagmo e alterações da fala). Freqüência cardíaca de 165 bpm; pressão arterial de 75 mmHg × 50 mmHg; perfusão capilar periférica lentificada; pulmões limpos; ritmo cardíaco irregular em dois tempos, taquicárdico, sem sopros, pulsos periféricos filiformes. A glicemia capilar foi de 95 mg/dL (valores de referência de 75 a 100 mg/dL). O eletrocardiograma convencional mostrou: ausência de ondas P, complexos QRS estreitos, intervalos R-R irregulares, freqüência atrial média de 380 bpm e freqüência ventricular média de 170 bpm, alterações secundárias da repolarização ventricular.

Considerando esse caso clínico, julgue os itens que se seguem.

O conjunto de alterações apresentadas pelo paciente permite identificar a chamada holiday heart syndrome, na qual há associação entre libação alcoólica intensa e aparecimento de arritmia cardíaca aguda.

  • C. Certo
  • E. Errado