Medicina Especialidade Clínica Geral

Júlio, paciente que está sob a supervisão do médico Paulo, no consultório deste, foi internado em caráter de urgência em um hospital em que Paulo não trabalha. Júlio é portador de asma e foi internado devido a ausência de melhora dos sintomas, mesmo com a adoção de medidas específicas durante uma forte crise. Passadas 48 horas, Júlio, sentindo-se melhor, telefonou para Paulo, pois o médico de plantão do referido hospital ter-lhe-ia dito não ter previsão de alta. Júlio queria ir embora, pois ficou muito nervoso vendo tantas pessoas doentes na enfermaria em que estava internado. Diante dessa situação, segundo o Código de Ética Médica, Paulo

  • A.

    deve orientar Júlio a assinar um termo de responsabilidade e a solicitar alta hospitalar.

  • B.

    não pode interferir nos assuntos internos de um hospital onde não trabalha.

  • C.

    deve procurar a equipe médica assistente e se dispor a trabalhar em conjunto no atendimento ao paciente.

  • D.

    deve sugerir ao médico plantonista que dê alta a Júlio, encaminhando-o ao seu consultório.

  • E.

    deve solicitar ao diretor do hospital que transfira o paciente para um apartamento.