Medicina Especialidade Clínica Geral

Texto para as questões de 38 a 40

Uma jovem de 32 anos de idade procurou atendimento médico ambulatorial relatando que há 3 semanas vem apresentando febre baixa, hiporexia, mal-estar geral e manchas avermelhadas na face e edema de membros inferiores ascendente. No seu exame físico, foram verificados: sinais vitais normais, presença de erupção cutânea eritematosa (rash) elevada na região malar (em asa de borboleta), duas úlceras orais indolores, dor e edema nas articulações dos punhos e nos joelhos, pulmões limpos. A ausculta cardíaca revelou presença de hipofonese de bulhas e atrito pericárdio em foco tricúspide, abdome livre e sem visceromegalias, extremidades com edema mole, frio e indolor em bota de cano curto. Os exames laboratorias mostraram: anemia hemolítica com reticulocitose, leucopenia (3.200 células/mm 3 ) e trombocitopenia (90.000 plaquetas/mm 3 ), anticorpos anti-DNA elevados, presença de anticorpos contra o antígeno nuclear Sm (antiSm), VDRL positivo, fator reumatóide negativo, títulos anormalmente elevados de anticorpo antinuclear, albumina sérica diminuída (2,5 g/dL), uréia e creatinina nos limites superiores da normalidade. Sumário de urina: proteinúria +3, cilindros granulosos. Proteinúria de 24 horas = 1,0 g. Ecocardiograma: derrame pericárdico de moderado volume, sem outras alterações.

Com base nas manifestações clínicas e laboratoriais observadas nessa situação hipotética, pode-se fazer o diagnóstico de uma síndrome renal denominada

  • A.

    nefrótica pura.

  • B.

    nefrítica isolada.

  • C.

    nefrítica com componentes de nefrótica.

  • D.

    insuficiência renal aguda.