Medicina Especialidade Clínica Geral

          Um senhor de 58 anos de idade deu entrada em um pronto-socorro com queixa de febre e dor abdominal há quatro dias. Familiares notaram, há dois dias, aumento do volume abdominal associado a dor difusa, diminuição do volume urinário e comportamento inadequado. O paciente refere sonolência excessiva desde o dia anterior, e que é portador de cirrose hepática de etiologia alcoólica. Ao exame físico, apresentou-se torporoso, descorado, taquipneico, febril, ictérico, acianótico e com ginecomastia. O abdome estava globoso, distendido, doloroso à palpação superficial; sem sinais de irritação peritoneal, sinal de piparote positivo, presença de macicez móvel, fígado e baço não palpados e não percutíveis. Com relação aos membros, constataram-se hipotrofia muscular e ausência de pilificação. Os exames laboratoriais apresentaram os seguintes resultados: creatinina = 1,9 mg/dL, ureia = 74 mg/dL, potássio sérico = 5,9 mEq/L e sódio sérico = 122 mEq/L.

 

Tendo como referência o caso clínico apresentado acima, julgue os itens que se seguem.

Nos cirróticos graves, esse quadro clínico é frequente, e a mortalidade referente a essa complicação da doença é de aproximadamente 40% por ano.

  • C. Certo
  • E. Errado