Medicina Especialidade Clínica Geral

Uma mulher de 70 anos de idade, do lar, dislipidêmica, refere que, há quase três horas, após o almoço, iniciou quadro de náuseas e epigastralgia em queimação, de forte intensidade, com irradiação para o dorso, sem alívio com antiácido ou repouso. Em razão da permanência da dor, a paciente procurou a emergência. Ao exame físico foram apresentados eupneica e acianótica, PA com 150 mmHg × 80 mmHg, FC = 70 bpm e ritmo cardíaco regular em 2 tempos (B4) sem sopros. O restante do exame físico está normal com dosagem normal das enzimas cardíacas (CK-MB e Troponina). O eletrocardiograma apresentou o seguinte resultado:

 

Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem.

A estimativa da probabilidade futura de doença aterosclerótica resulta do somatório do risco causado por cada um dos fatores de risco, mais a potencialização causada por sinergismos entre alguns desses fatores. Na prevenção primária, a identificação do risco global é aprimorada substancialmente com o uso do escore de risco de Framingham, embasado em análise de regressão de estudo populacional.

  • C. Certo
  • E. Errado