Medicina Especialidade Clínica Geral

           Um trabalhador do sexo masculino, com 45 anos de idade, 65 kg e 170 cm de altura, apresenta o seguinte quadro clínico: hipertensão arterial, com pressão diastólica de 105 mmHg; massa ventricular esquerda de 180 g/m; disfunção ventricular esquerda sistólica, com fração de ejeção de 0,37; sente-se bem em repouso, mas apresenta fadiga, dispneia, palpitações e angina pectoris aos pequenos esforços. Esse paciente trabalha como operador de máquinas de grande porte, em uma indústria da iniciativa privada. Nos últimos meses, em decorrência do agravamento do quadro, não tem conseguido trabalhar normalmente e seu salário tem estado muito abaixo da média dos valores recebidos por seus colegas de trabalho. Por esse motivo, entrou com ação judicial contra a empresa empregadora. Além disso, solicitou benefício ao INSS.

Com base nesse quadro clínico, julgue os itens de 180 a 187.

O médico do Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) da indústria em que esse paciente trabalha não pode atuar como perito judicial no processo aberto pelo paciente, mas sim como assistente técnico da empresa.

  • C. Certo
  • E. Errado