Medicina Especialidade Clínica Geral

Considere que o paciente do caso clínico citado anteriormente tenha mostrado um quadro de hipertensão arterial que pode ter uma causa secundária, conforme ocorre em cerca de 5% a 10% dos casos de hipertensão secundária. A maioria possui um tratamento específico e, em alguns casos, pode-se chegar à cura da doença hipertensiva. No que diz respeito ao assunto e com base na V Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial Sistêmica, julgue os itens a seguir.

Diferença de 20 mmHg na pressão sistólica e de 10 mmHg na pressão diastólica aferida entre os membros superiores indica a necessidade de se investigarem doenças arteriais.

  • C. Certo
  • E. Errado