Medicina Especialidade Clínica Geral

Considere que, um mês após a primeira consulta, a paciente referida no texto procurou atendimento médico, queixando-se de febre (38 /C) e artrite em tornozelos e joelhos (migratória) e que, ao exame cardiovascular da paciente foi agregado um atrito pericárdico. Feito, então, o diagnóstico de febre reumática em atividade, foi prescrita à paciente prednisona 60 mg/dia por 4 semanas, em uso ambulatorial. Cerca de 3 semanas após o início do tratamento com corticóide oral, por não apresentar mais nenhum sintoma, a paciente suspendeu, por conta própria, o uso do corticosteróide. Dois dias após a suspensão do tratamento, ela foi levada ao pronto-socorro, com fraqueza muscular, naúseas e vômitos, cefaléia e confusão mental. O exame clínico nela realizado mostrou importante hipotensão arterial, cianose acral e desidratação. Diante dessa progressão do quadro clínico, é correto afirmar que a paciente apresenta

  • A.

    insuficiência adrenocortical aguda.

  • B.

    choque anafilático tardio.

  • C.

    hipotireoidismo agudo.

  • D.

    síndrome de Cushing aguda.