Medicina Especialidade Clínica Geral

Um paciente de 67 anos de idade, diabético, hipertenso e tabagista, foi atendido em consultório médico, relatando dor torácica atípica, dispneia aos pequenos esforços e palpitação iniciada havia 1 hora. No exame clínico, apresentou palidez cutaneomucosa e sudorese intensa. A pressão arterial media 212 mmHg × 116 mmHg, a frequência cardíaca, 112 bpm, e a saturação de O2 era de 92% em ar ambiente. A ausculta pulmonar revelou estertores na metade inferior dos hemicampos pulmonares. O paciente não apresentou edema de membros inferiores, turgência jugular ou hepatomegalia. O ritmo cardíaco era regular em três tempos (B3) e as bulhas, hipofonéticas.

Com base no caso clínico acima e nas recomendações do Consenso Internacional em Ressuscitação Cardiovascular e Emergência Cardiovascular de 2010 e da III Diretriz Brasileira de Insuficiência Cardíaca, julgue os itens de 97 a 103.

Os fatores preditivos suficientes e confiáveis para o diagnóstico da presença de síndrome coronariana aguda compreendem: padrão e característica da dor e alívio ou redução da dor com o uso de nitroglicerina.

  • C. Certo
  • E. Errado