Medicina Especialidade Clínica Geral

No atendimento a uma emergência envolvendo um paciente psiquiátrico, é fundamental

  • A.

    se o paciente estiver restrito com faixas ou algemas, retirá-las para que se possa estabelecer uma relação médico-paciente adequada.

  • B.

    descartar doenças orgânicas que possam manifestar-se com alterações comportamentais e da função cognitiva.

  • C.

    não se preocupar se a intenção do paciente é suicida ou homicida; o que importa é avaliar o grau de agressividade, para que a equipe se proteja.

  • D.

    independentemente de saber se o paciente é um potencial suicida ou homicida e se está ou não agressivo, sempre lançar mão da contenção farmacológica, mesmo que para sua aplicação seja necessária a força física.

  • E.

    considerar que a intervenção farmacológica deve ser a primeira atribuição do médico.