Medicina Especialidade Clínica Geral

Texto IV, para responder às questões de 48 a 50. O coordenador do único centro de saúde em uma região carente, após realizar análise situacional, identifica quatro grupos populacionais a serem assistidos pelas equipes de saúde da família do centro de saúde:

1 – Adolescentes que concluíram o ensino básico, mas estão sem acesso à escola secundária ou técnica e passam a maior parte do tempo sem realizar atividades educacionais ou esportivas.

2 – Idosos com hipertensão e diabetes, alguns com sequelas de AVC, sem controle ou acesso aos serviços de saúde.

3 – Adultos jovens empregados em regiões distantes com nível relativo de estresse familiar e financeiro.

4 – Crianças sem acompanhamento familiar adequado, porém reunidas em tempo integral em uma creche bem instalada, dirigida por religiosos e apoiada pela prefeitura local.

Ainda acerca dos quatro grupos populacionais identificados no texto, assinale a alternativa correta.

  • A.

    Em relação a estratégias de promoção de saúde, estão aptos ou aptas a participar de programas de exercícios físicos as gestantes, mesmo com baixo peso, e os idosos com patologias cardiovasculares compensadas. Os adultos jovens não se enquadram nessa estratégia, em função da falta de tempo e do estresse do trabalho.

  • B.

    Não faz parte das responsabilidades do médico de família propor a outras instituições governamentais programas que visem dar novas opções educacionais ou recreativas ao grupo de adolescentes dessa comunidade. Ademais, ações de intersetorialidade não fazem parte da estratégia da promoção de saúde.

  • C.

    Não há opção para o tratamento dos pacientes dependentes químicos, especialmente os usuários de crack, já que não há Centros de Apoio Psicosociais (CAPS) na comunidade, e a articulação de redes assistenciais é ainda incipiente.

  • D.

    Os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs) não contam com psicólogos/psicólogas nas suas equipes; portanto, nada pode ser feito para os adolescentes e os adultos jovens que apresentarem distúrbios de ansiedade.

  • E.

    Diante da multiplicidade e da complexidade de casos a serem assistidos na comunidade, e sabendo que a Medicina de Família e Comunidade é uma especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina/Associação Médica Brasileira, com sua sociedade nacional atuante, é correto a secretaria de saúde estabelecer estratégia de educação permanente e gestão do conhecimento para os médicos das equipes de saúde de família.