Medicina Especialidade Clínica Geral

No caso de um paciente terminal, que esteja lúcido, mas sofrendo, o médico assistente:

  • A.

    Pode tomar uma medida humanitária para abreviar-lhe a vida, tal como a prescrição de uma sobredose de opióides.

  • B.

    Deve sugerir a família a constituição de uma conferência médica para que medidas visando terminar com o sofrimento e abreviar a vida possam ser tomadas.

  • C.

    Não se pode utilizar, em qualquer caso, meios destinados a abreviar a vida do paciente, ainda que a pedido deste ou de seu representante legal.

  • D.

    Abreviar a vida do paciente, desde que com pedido por escrito.