Medicina Especialidade Clínica Geral

Após uso de cocaína injetável, paciente do sexo feminino, 32 anos, é admitida na emergência com quadro de agitação psicomotora seguida por crises convulsivas tonicoclônicas generalizadas de difícil controle e complicadas por aspiração de vômitos. Apresentava na admissão: pressão arterial de 79/37 mmHg e frequência cardíaca de 134 bpm. O laboratório evidenciou creatinina 0,9 mg/dl; ureia 98 mg/dl; glicose 59 mg/dl; CK 22.920 U/L. 48 horas após a admissão, a paciente estava em uso de noradrenalina em dose baixa, apresentava débito urinário de 50 ml nas últimas 24 horas, a radiografia de tórax apresentava infiltrado intersticial bilateral e consolidação em lobo inferior direito, a creatinina era 5,9 mg/dl, a ureia 203 mg/dl e o K 6,7 mEq/L. Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, a causa MAIS PROVÁVEL da insuficiência renal aguda e a conduta terapêutica MAIS APROPRIADA para o caso.

  • A.

    Rabdomiólise – hidratação vigorosa e bicarbonato de sódio.

  • B.

    Rabdomiólise – hemodiálise.

  • C.

    Choque séptico – hidratação vigorosa e diuréticos.

  • D.

    Choque séptico – hemodiálise.

  • E.

    Ressuscitação volêmica insuficiente – hidratação vigorosa.