Medicina Especialidade Clínica Geral

Um rapaz com 18 anos de idade, em atendimento médico ambulatorial de um centro de saúde, relatou inchaço no corpo, náuseas/vômitos matinais, anorexia, redução progressiva do volume urinário e urina avermelhada, com início há uma semana. Relatou ter apresentado, havia duas semanas, infecção das vias aéreas (completamente resolvida) e negou outras doenças. No exame físico, ele se apresentava: normolíneo, em regular estado geral, com mucosas hipocoradas (+2/+4), frequência cardíaca de 105 bpm e pressão arterial de 150 mmHg × 110 mmHg (deitado, medida no membro superior direito, usando-se bolsa inflável apropriada para a circunferência do braço). Pulmões sem alterações. O exame cardiovascular revelou ictus cordis no quinto espaço intercostal e na linha hemiclavicular esquerda, com 2 cm de extensão, normoimpulsivo, ritmo cardíaco regular em 3 tempos (à custa de terceira bulha), sopro sistólico (+2/+6), suave, audível em todos os focos, presença de ruído compatível com atrito pericárdico, mais bem audível na borda esternal esquerda baixa. Abdome sem alterações. Edema em membros inferiores (+2/+4) até os joelhos, frio, indolor, com sinal de Godet. Exames complementares evidenciaram: ureia = 130 mg/dL; creatinina = 7 mg/dL; sódio plasmático = 140 mEq/L; potássio plasmático = 6,8 mEq/L; hematócrito = 28%; hemoglobina = 9,2 g/dL; leucograma normal; plaquetas = 250.000/mm3; EAS com ausência de glicose e de proteína; hemoglobina (++); hemácias = 25 por campo; leucócitos = 2 por campo; cilindros hemáticos (+++).

Com base nas informações do quadro clínico acima, julgue os próximos itens.

No quadro clínico considerado, o tratamento medicamentoso inicial do paciente baseia-se no uso de penicilina cristalina intravenosa (por 7 dias), corticoide sistêmico em doses altas associado a ciclofosfamida e diurético de alça (por via intravenosa).

  • C. Certo
  • E. Errado