Medicina Especialidade Clínica Geral

Segundo dados do Ministério da Saúde, no Brasil, as doenças cardiovasculares atingem a população adulta em plena fase produtiva, sendo responsáveis por 65% do total de óbitos de pessoas na faixa etária de trinta a sessenta e nove anos. Acerca dessas afecções, julgue os itens de 97 a 100.

Considere o seguinte quadro clínico. Uma paciente de cinquenta anos de idade procurou o prontosocorro, no início do período vespertino, com relato de dor torácica, retroesternal, em aperto, de forte intensidade e início súbito, associada a dispneia. Ela informou que tivera acirrada discussão familiar durante a manhã daquele dia. Seu exame físico mostrou frequência cardíaca de 98 bpm, pressão arterial de 125 mmHg × 85 mmHg, ritmo cardíaco regular em dois tempos, bulhas normofonéticas e sem sopros, pulmões limpos, sem outras anormalidades. O eletrocardiograma de 12 derivações evidenciou supradesnivelamento do segmento ST (de 4 mm) na parede anterior (nas derivações de V1 a V6) e de 2 mm nas derivações D3 e aVF. Os níveis séricos de troponina T e CKMB massa na admissão foram de 0,10 ng/mL (normal: < 0,01 ng/mL) e 7,0 ng/mL (normal: < 5,0 ng/mL), respectivamente. A paciente foi encaminhada ao serviço de hemodinâmica, onde se submeteu a exames cineangiocoronariográfico e ventriculográfico, tendo sido evidenciadas artérias coronarianas isentas de lesões obstrutivas. Na ventriculografia esquerda, constatou-se, conforme figuras abaixo, hipercinesia dos segmentos basais associada a acinesia dos segmentos medioapicais, apresentando o ventrículo esquerdo (VE) aspecto de moringa.

 

  • C. Certo
  • E. Errado