Medicina Especialidade Clínica Geral

Paciente do sexo feminino, com 43 anos de idade, obesa, sedentária, nega antecedente de hipertensão arterial, diabetes mellitus e cardiopatia. Chega ao atendimento com taquipneia (FR = 29ipm), desidratada ++/4+; com poliúria. Feito dextro = 410, dosagem de glicemia inicial de 386 e exame de urina tipo 1 com glicose +++, corpos cetônicos ++ e proteína indetectável. Com base nisso, assinale a alternativa que apresenta a conduta terapêutica inicial diante desse caso e qual deve ser a conduta terapêutica indicada, a princípio, para a fase de manutenção do tratamento dessa paciente.

  • A.

    Glibenclamida e Metformina, ambas via oral, nas duas fases do tratamento.

  • B.

    Metformina via oral na fase inicial do tratamento, com manutenção da metformina na fase de manutenção do tratamento.

  • C.

    Insulina ultrarrápida até a compensação do diabetes mellitus e insulina intermediária (NPH) na fase de manutenção do tratamento.

  • D.

    Insulina NPH para a compensação do diabetes mellitus e insulina rápida (regular) para a fase de manutenção do tratamento.

  • E.

    Insulina ultrarrápida até a compensação do diabetes mellitus e glibenclamida na fase de manutenção do tratamento.