Medicina Especialidade Clínica Geral

O Médico de Saúde e Comunidade atende uma moça de 25 anos com febre (TA = 38°C) de início súbito, acompanhada de mialgia, artralgia e cefaleia frontal, com duração aproximada de 2 dias. Apresentou episódio de sangramento nasal de pequena intensidade. A paciente nega viagem a áreas endêmicas de malária ou febre amarela. Sua vacinação está em dia (vacinada contra febre amarela há 2 anos). Negou contato com roedores urbanos ou silvestres. Ao exame, sua pressão arterial foi de 90 x 60mmHg. Foram solicitados alguns exames, cujos resultados são:

I. Hemograma: leucopenia sem desvio à esquerda, com ligeiro aumento de linfócitos.

II. Hematócrito: normal.

III. Plaquetas: aparentemente normais em quantidade.

IV Prova do laço: negativa.

Em relação ao caso exposto, assinale a alternativa que apresenta como deve ser feita a notificação ao sistema de vigilância epidemiológica.

  • A.

    Não há a necessidade de se notificar.

  • B.

    Notificar após a confirmação sorológica.

  • C.

    Notificar como caso de Dengue Hemorrágico, sem choque.

  • D.

    Notificar como síndrome do Choque por Dengue.

  • E.

    Notificar como Dengue Clássico.