Medicina Especialidade Clínica Geral

A cardioversão elétrica e a desfibrilação são procedimentos rotineiros utilizados no manejo de pacientes com arritmias cardíacas. Acerca desse assunto, assinale a opção correta.

  • A.

    Os cardioversores/desfibriladores mais modernos trabalham com formato de onda tipo monofásico, liberando níveis mais baixos e efetivos de energia.

  • B.

    Durante a desfibrilação elétrica, o choque liberado é sincronizado com uma fase específica do ciclo cardíaco, geralmente durante o período eletrofisiológico de supernormalidade (final da onda T do ECG).

  • C.

    Os cardioversores/desfibriladores têm funcionamento exclusivamente baseado em corrente elétrica. Neles uma dose fixa de corrente elétrica é liberada para fins de tratamento da arritmia cardíaca.

  • D.

    A impedância transtorácica está associada à dificuldade nos procedimentos de cardioversão/desfibrilação elétrica e tem como exemplos de fatores determinantes o nível de energia liberada, a distância intereletrodos, a fase da ventilação, entre outros.

  • E.

    Na cardioversão elétrica, a energia liberada para tratamento da arritmia não é sincronizada com o complexo QRS do eletrocardiograma (ECG).