Medicina Especialidade Clínica Geral

Um homem, com cinquenta e dois anos de idade, foi admitido na sala de emergência com parada cardiorrespiratória – ritmo de fibrilação ventricular. Após dois minutos de realização dos procedimentos de reanimação cardiorrespiratória e uma desfibrilação transtorácica (desfibrilador monofásico) de 360 J, o ritmo permaneceu inalterado. O paciente foi intubado, mantidas as compressões torácicas e obtido acesso venoso. Tendo como base as diretrizes da Associação Americana do Coração (American Heart Association — AHA, 2010) para Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) e Atendimento Cardiovascular de Emergência (ACE), assinale a opção que apresenta a abordagem terapêutica recomendada para esse momento.

  • A.

    sulfato de magnésio 2 g, por via intravenosa

  • B.

    atropina 0,5 mg em bolus, por via intravenosa

  • C.

    lidocaína 100 mg, por via intravenosa

  • D.

    amiodarona 150 mg, por via intravenosa

  • E.

    adrenalina 1 mg, por via intravenosa