Medicina Especialidade Clínica Geral

Nos serviços básicos de saúde, o tratamento da hanseníase é eminentemente ambulatorial. O encaminhamento da pessoa com hanseníase para uma unidade de referência somente deve ser feito em determinadas situações. Desse modo, o paciente deverá ser encaminhado à unidade de referência quando apresentar

  • A.

    dermatite esfoliativa provocada pela dapsona.

  • B.

    diminuição do apetite com o uso de rifampicina.

  • C.

    forma clínica virchowiana e multibacilar, com mais de cinco lesões de pele.

  • D.

    forma clínica tuberculoide e paucibacilar, com até cinco lesões de pele.

  • E.

    hanseníase multibacilar em crianças.