Medicina Especialidade Clínica Geral

Uma paciente com quarenta anos de idade tem diabetes melito tipo 2 há 5 anos. Não consegue atingir as metas glicêmicas preconizadas e aumentou de peso recentemente, atingindo a obesidade grau 2. O especialista indicou-lhe liraglutide.

Em face dessas informações, assinale a opção correta acerca do diabetes melito e de seu tratamento.

  • A.

    Não existem estudos de longa duração com o liraglutide que evidenciem desfechos de saúde clinicamente importantes, incluindo eventos cardiovasculares e mortalidade. Também não há evidências de benefícios a longo prazo com o uso dessa medicação.

  • B.

    Um melhor controle glicêmico reduz o risco de complicações macrovasculares em pacientes com diabetes tipo 2.

  • C.

    O tratamento mais adequado para a paciente é a reeducação alimentar. Muitos estudos clínicos, incluindo um grande estudo, que envolveu mais de 40.000 pacientes no Reino Unido, demonstraram a eficácia, eficiência e persistência da perda de peso e controle glicêmico com orientação nutricional adequada.

  • D.

    Em pacientes que não são candidatos à metformina ou sulfonilureias, o liraglutide é uma alternativa razoável, especialmente naqueles com insuficiência renal crônica avançada e em risco de hipoglicemia.

  • E.

    O liraglutide é considerado a terapia de primeira linha para o diabetes tipo 2, e pode ser usado tanto em monoterapia quanto em associação com hipoglicemiantes orais.