Medicina Especialidade Clínica Geral

Um paciente com dezenove anos de idade tem diagnóstico de transtorno afetivo bipolar e recentemente desenvolveu síndrome do pânico, diagnosticado pelo quadro de medo, tremores e hiperreatividade. O paciente está em fase de ajuste de medicamentos e usa carbolítio, venlafaxina e clonazepan. Há 12 horas iniciou o uso de trazodona. Hoje deu entrada no pronto-socorro com quadro de confusão mental, desorientação, agitação e crises convulsivas reiteradas. O exame clínico do paciente revelou rubor facial, hipertermia, diaforese, taquicardia, taquipneia, hipertensão arterial, hiperreflexia e sinal de Babinski bilateral.

Dado o quadro clínico acima descrito, assinale a opção correta.

  • A.

    O quadro clínico é mais compatível com o da síndrome neuroléptica maligna, uma vez que o quadro se desenvolveu em poucas horas e o paciente apresenta hiperreflexia, característica dessa síndrome.

  • B.

    A maioria dos casos de síndrome serotoninérgica inicia-se nas primeiras 24 horas de uma mudança na dose de medicamentos de ação serotoninérgica ou do acréscimo de outra droga serotoninérgica, podendo explicar o quadro do paciente.

  • C.

    Os sinais e sintomas apresentados são mais compatíveis com o uso abusivo de entorpecentes e esse uso deve ser investigado antes de qualquer medida terapêutica.

  • D.

    O paciente está com quadro séptico e deve ser investigada a existência de infecções oportunistas.

  • E.

    A síndrome serotoninérgica é uma condição que ameaça a vida e poderia ser aplicável ao quadro do paciente, porém não é observada em indivíduos de sua faixa etária.