Medicina Especialidade Clínica Geral

Leia o enunciado a seguir e responda às questões de números 34 a 36.

Paciente do sexo feminino, 69 anos, diabética e hipertensa, apresenta quadro de diarreia aquosa com muco e pequena quantidade de sangue, volumosa, em torno de 15 episódios ao dia, há cerca de 96 horas, com febre baixa, adinamia e alguns episódios de vômitos. Relata que, há uma semana, estava utilizando cefalexina para o tratamento de erisipela em membro inferior direito, tendo cursado com melhora progressiva do quadro dermatológico. Durante a avaliação clínica inicial, nota-se paciente prostrada, sonolenta e bastante desidratada, taquipneica leve, PA 70x40 mmHg, FC = 120 bpm, SO2 = 95% em ar ambiente. Perfusão periférica ruim, com enchimento capilar lento, pele fria e pegajosa. Foi realizada passagem de cateter venoso central, após insucesso na obtenção de acesso periférico, e foram coletados exames laboratoriais do cateter central.

Assinale a alternativa que contém a melhor opção de abordagem terapêutica inicial para o suporte hemodinâmico dessa paciente.

  • A.

    Dopamina dose dopaminérgica.

  • B.

    Plasmasteril e dopamina dose alfa.

  • C.

    Noradrenalina.

  • D.

    Ringer lactato IV rápido e dobutamina.

  • E.

    Soro fisiológico 0,9% IV rápido.