Medicina Especialidade Clínica Geral

Um homem de sessenta e dois anos de idade, pneumopata crônico (DPOC), foi atendido em pronto-socorro apresentando tontura, dispneia, mal-estar e pico hipertensivo (pressão arterial de 228 mmHg × 136 mmHg). Durante o exame inicial, o quadro clínico do paciente evoluiu, tendo ele apresentado cianose de extremidades, taquidispneia (frequência respiratória de 32 irpm) e taquicardia (frequência cardíaca de 112 bpm). Na oximetria, a saturação de O2 foi de 80%, e o paciente apresentou estertores até o terço médio dos pulmões.

 Com base no caso clínico acima, julgue os itens a seguir.

Dado o paciente sofrer de edema agudo de pulmão secundário à hipertensão arterial, a disfunção diastólica é o fator determinante na fisiopatologia da insuficiência cardíaca.

  • C. Certo
  • E. Errado