Medicina Especialidade Clínica Geral

Considere quatro pacientes:

I. Jovem de 23 anos com gengivorragia e exame físico normal exceto pela presença de petéquias em pernas. Laboratorialmente, a única alteração é a contagem de 5.500 plaquetas/mm3.

II. Mulher de 35 anos com fraqueza e dispneia. Ao exame físico está descorada. Laboratorialmente há anemia, reticulocitose e teste de Coombs positivo. O fator antinuclear é negativo.

III. Homem de 40 anos com fraqueza, febre, confusão mental, icterícia sem colúria e petéquias. Laboratorialmente: anemia, plaquetopenia e grande quantidade de esquizócitos circulantes.

IV. Mulher de 48 anos com astenia, equimoses e ataxia de marcha. Laboratorialmente: pancitopenia, volume corpuscular médio de 125 fL e DHL muito elevado.

Esplenectomia faz parte das opções terapêuticas APENAS dos pacientes

  • A.

    III e IV.

  • B.

    I e II.

  • C.

    I e III.

  • D.

    II e IV.

  • E.

    I e IV.