Medicina Especialidade Clínica Geral

As neuropatias periféricas podem ser classificadas em três grandes grupos: mononeuropatias que comprometem apenas um tronco nervoso, mononeuropatias múltiplas com comprometimento sucessivo de vários troncos nervosos e polineuropatias distais com comprometimento difuso e simétrico dos quatro membros. As polirradiculoneuropatias se distinguem das neuropatias distais pela presença de alteração sensitiva ou motora proximal e distal. Podem ser hereditárias, metabólicas, tóxicas e idiopáticas. A principal etiologia de polineuropatia sensitiva é
  • A. Hanseníase.
  • B. Diabetes mellitus.
  • C. síndrome paraneoplásica.
  • D. síndrome de Guillain-Barré.
  • E. intoxicação medicamentosa.