Medicina Especialidade Clínica Geral

A cocaína é causa de dor torácica e faz parte do grupo das etiologias de síndrome coronariana aguda de causa não-aterosclerótica. A maioria dos indivíduos acometidos é jovem, do sexo masculino, tabagista e sem outros fatores de risco para doença cardiovascular. Admite-se que doses entre 200 g e 2000 g de cocaína por qualquer via possam causar infarto agudo do miocárdio e que os indivíduos mais susceptíveis são aqueles que utilizam a droga pela primeira vez. O infarto agudo do miocárdio, causado pelo uso da cocaína, pode ser devido a
  • A. bradicardia.
  • B. taquiarritmia.
  • C. vasoconstricção coronária.
  • D. diminuição da contratilidade miocárdica.
  • E. diminuição da tensão da parede do ventrículo esquerdo.