Medicina Especialidade Dermatologia

              Um paciente, com 60 anos de idade, de cor parda, procedente do DF, procurou assistência médica informando que há 3 anos surgiram-lhe lesões infiltradas nas nádegas, que aos poucos se estenderam a outras regiões do corpo, acompanhadas de prurido ocasional e, às vezes, ligeiro ardor. Informou não ter estado em área rural nos últimos anos. Informou, também, que já estivera em vários dermatologistas com prescrições de vários remédios sem melhora. Quanto aos antecedentes pessoais e familiares, não informou nada digno de nota. Ao exame físico, tinha bom estado geral e ao exame dermatológico apresentou lesões papuloinfiltradas, tubérculos, nódulos que confluíram, formando placas localizadas em regiões glúteas, membros superiores e inferiores, tronco e face.

Considerando o quadro clínico apresentado, julgue os itens seguintes.

Em caso de leishmaniose cutânea difusa, a pesquisa de amastigotas no esfregaço, a cultura e o exame histopatológico da biópsia das lesões serão negativos pois a L(V.)b que causa a doença, no Brasil, se caracteriza pela escassez parasitária.

  • C. Certo
  • E. Errado