Medicina Especialidade Dermatologia

Em relação às lesões dermatológicas observadas na sífilis, NÃO podemos afirmar :

  • A.

    o cancro duro é em geral único, ulcerado, indolor, tem bordas elevadas e endurecidas e o fundo costuma ser limpo

  • B.

    a lesão primária na mulher ocorre mais freqüentemente no colo uterino e na vulva (grandes e pequenos lábios)

  • C.

    a sífilis secundária caracteriza-se inicialmente por lesões maculosas (roséolas). Após algumas semanas surgem lesões papulosas ou papuloescamosas pouco pruriginosas. O acometimento das regiões palmo-plantares, embora não seja patognomônico, auxilia no diagnóstico

  • D.

    a pré-existência de um cancro duro (lesão primária) é essencial para o diagnóstico da doença, não sendo possível falar em sífilis, sobretudo no sexo masculino, sem que haja relato desse tipo de lesão

  • E.

    lesões eritematopapulosas, fissuras anais e periorais radiadas e bolhas palmo-plantares, fazem parte do quadro dermatológico da sífilis congênita recente