Medicina Especialidade Dermatologia

Uma paciente de cor branca, com 50 anos de idade, procurou assistência médica, informando que, há 6 meses, surgiulhe, no sulco nasogeniano, lesão papulonodular, cuja superfície exulcerou-se. Informou que usou cremes e pomadas de antibióticos, sem obter regressão da lesão. Quanto aos antecedentes pessoais e familiares, informou que seu pai teve câncer de pele. Ao exame dermatológico, verificou-se presença de lesão infiltrada ligeiramente endurecida, com ulceração central, bordas peroladas, medindo aproximadamente 1 cm, localizada no sulco nasogeniano esquerdo.

Acerca do quadro clínico acima e de aspectos diversos a ele correlacionados, julgue os itens a seguir.

Caso a histopatologia indique a presença de granuloma, é necessário realizar exames que comprovem o diagnóstico de leishmaniose cutânea, paracoccidioidomicose ou esporotricose.

  • C. Certo
  • E. Errado