Medicina Especialidade Dermatologia

Uma paciente de cor branca, com 60 anos de idade, do lar, procurou assistência médica, informando que, há 6 meses, surgiu-lhe, junto ao lábio inferior, lesão nodular que evoluiu para úlcera. Informou que usou vários cremes e pomadas de antibióticos sem obter regressão da lesão. Quanto aos antecedentes pessoais e familiares, informou caso de câncer de pele em sua mãe. Ao exame dermatológico, apresentou lesão infiltrada endurecida, com ulceração central medindo em torno de 1 cm, localizada abaixo do lábio inferior no lado esquerdo da face.

Acerca do caso clínico acima descrito e de informações a ele pertinentes, julgue os seguintes itens.

No caso de tratar-se de leishmaniose cutânea, espera-se que a intradermorreação de Montenegro e a imunofluorescência indireta para leishmaniose sejam negativas em percentual superior a 90%.

  • C. Certo
  • E. Errado