Medicina Especialidade Endocrinologia

Senhora de 30 anos com prolactinemia inicial de 114 ng/ml, sem galactorréia ou distúrbios menstruais e com macroadenoma hipofisário à RNM; ocorre normalização da prolactina após uso de bromocriptina, mas o volume tumoral não se reduz.

Sobre o quadro relatado, é CORRETO afirmar:

  • A. Prolactina alta deve ser por macroprolactinemia.
  • B. Esse quadro é comum em hamartomas secretores de prolactina.
  • C. Adenoma clinicamente não-funcionante é o diagnóstico mais provável.
  • D. Deve ser um prolactinoma resistente aos agonistas dopaminérgicos.