Medicina Especialidade Endocrinologia

Um paciente de 27 anos, negro, procurou atendimento médico com queixas de astenia, adinamia e hiporexia. Ao exame físico apresentava estatura de 111 cm, peso de 32 kg, hipocorado, distrófico, ausência de pilificação axilar, estadio puberal G1P1. A idade óssea era de 10 anos. A avaliação hormonal evidenciou TSH = 0,1 mUi/ml (VR-0,35- 5,5), T3= 37 ng/dl (VR- 80-190), T4= 2,1 ng/dl (VR- 4,5- 12,0), testosterona livre= 3,1. O teste de hipoglicemia insulínica demonstrou pico do GH após estímulo= 0,2, e a IGF-1 apresentou níveis subnormais. Na ressonância magnética nuclear de sela túrcica observouse redução do volume hipofisário.

  • A.

    O paciente apresenta um quadro clínico característico de apoplexia hipofisária.

  • B.

    O diagnóstico de craniofaringeoma é muito provável.

  • C.

    O diagnóstico de malformação de estruturas paraselares e encefalocele, deve ser considerado para esse paciente, tendo em vista os achados radiológicos descritos.

  • D.

    O atraso na idade óssea do paciente pode sugerir atraso constitucional do crescimento e puberdade.

  • E.

    O paciente apresenta provável hipopituitarismo anterior, com deficiências dos eixos tireotrófico, somatotrófico e gonadotrófico.