Medicina Especialidade Endocrinologia

Uma mulher com 58 anos de idade queixa-se de palpitação, disfagia e aumento da região cervical anterior de longa data. Ao exame físico, pulso radial de 106 bpm, PA de 150/60 mmHg e extremidades quentes e úmidas. À palpação tireoideana, apresenta-se com nódulo solitário, firme, de aproximadamente 4 cm, ocupando o lobo direito. Os exames laboratoriais demonstram: tiroxina livre = 1,4 ng/dl (N= 1 �2,0ng/dl), triiodotironina = 470 μg/dl (N= 60 � 220 μg/dl) e anti-TPO = 15 UI/mL (N=10-35 IU/mL). A cintilografia mostrou tecido tireoideano somente no lobo direito e a captação de radioiodo de 2h foi de 20%. Após teste de estímulo com TSH o lobo esquerdo foi visualizado.

O diagnóstico mais provável é?

  • A.

    Adenoma tireoidiano hiperfuncionante

  • B.

    Adenoma hipofisário, simulando função tireoidiana autônoma

  • C.

    Carcinoma folicular tireoieano

  • D.

    Tireoidite subaguda de Quervain

  • E.

    Doença de Graves