Medicina Especialidade Endocrinologia

Uma paciente de 23 anos de idade, com diagnóstico de DM tipo 1 há 10 anos, vem apresentando edema de MMII e palpebral, inicialmente matutinos, notados no último mês. Relata, ainda, urina "espumosa" e avermelhada, com diminuição do volume. Faz acompanhamento médico irregular e apresenta controle metabólico inadequado (Hb glicosilada de 10%). Ao exame físico, apresenta edema palpebral bilateral e edema de MMII ++/4. PA = 150 mmHg/100 mmHg. FC = 92 BPM. AR: MVF abolido bilateralmente em bases. Abdome: macicez móvel presente.

Exames complementares:

Hb: 11g%

Ht: 33%

uréia: 160 mg/dL

creatinina: 6 mg/dL

Na: 132 mEq/L

K: 6,2 mEq/L

glicemia: 288 mg/dL

EAS: proteinúria +++, hematúria +++, glicosúria ++++, cetonúria negativa

proteinúria de 24h: 3g/24h

depuração de creatinina: 15 mL/min

Rx tórax: derrame pleural bilateral

FO: retinopatia diabética não proliferativa.

Tendo como referência esse caso clínico e os dados apresentados, assinale a opção correta.

  • A.

    O controle metabólico é fundamental para o não agravamento da nefropatia diabética terminal que essa paciente apresenta.

  • B.

    A presença de hematúria sugere infecção urinária associada.

  • C.

    A paciente provavelmente apresenta também uma cardiopatia descompensada, dada a presença de derrame pleural.

  • D.

    É indicada a realização de biópsia renal para conclusão do diagnóstico etiológico do caso em questão.