Questões de Concurso de Endoscopia - Medicina

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 796379

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 11

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

“Paciente, 67 anos, procurou pronto‐socorro devido à melena iniciada no dia anterior. Admite uso de diclofenaco sódico há cinco dias, devido à lombalgia. Nega instabilidade hemodinâmica ou hematêmese. Foi submetido à endoscopia digestiva alta, que teve como achado endoscópico: lesão ulcerosa com hemorragia em lençol.” Qual a classificação da lesão ulcerosa, segundo o aspecto endoscópico pela classificação de Forrest?
  • A. I a.
  • B. I b.
  • C. II b.
  • D. II c.

Questão 796380

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 12

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

Para além dos aspectos jurídicos que encerra, a declaração de óbito é um instrumento imprescindível para a construção de qualquer tipo de planejamento de saúde. O seu correto preenchimento pelos médicos é, portanto, um imperativo ético. Em relação à declaração de óbito, assinale a alternativa INCORRETA.
  • A. No caso de um recém‐nascido, cujo óbito foi consequente à patologia materna, a causa básica da morte é a doença materna.
  • B. A declaração de óbito não é o documento definitivo da morte, que permite o sepultamento do falecido em cemitérios oficiais.
  • C. Para que possa ser realizada a cremação de cadáver, em caso de morte natural, é necessário que a declaração de óbito seja assinada por dois médicos.
  • D. Em caso de paciente que apresentou perfuração intestinal após acidente com projétil de arma de fogo e faleceu em consequência da peritonite, esta será declarada em último lugar no item causa básica do óbito.

Questão 796381

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 13

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

O carcinoma esofágico tem início insidioso e produz disfagia e obstrução progressiva e tardia. A ultrassonografia endoscópica possibilita avaliar a invasão da parede do esôfago e a biópsia de linfonodos periesofagianos suspeitos. A Tomografia Computadorizada (TC) e a Ressonância Magnética (RM) são utilizadas para o estadiamento. Assinale a alternativa que corresponde aos achados na TC do câncer de esôfago no estágio III.
  • A. Espessamento da parede esofágica (>5 mm) com metástase a distância.
  • B. Espessamento da parede esofágica (>5 mm), sem invasão dos órgãos adjacentes.
  • C. Espessamento da parede esofágica com extensão direta para o tecido circunjacente.
  • D. Espessamento localizado da parede esofágica (3 a 5 mm), sem invasão mediastinal ou metástases.

Questão 796383

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 15

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

O tratamento do megaesôfago chagásico pode ser clínico, cirúrgico, por dilatação e por métodos alternativos, como o uso de drogas relaxantes do esfíncter inferior do esôfago, tais como toxina botulínica, nitratos e nifedipina. Sobre os tratamentos endoscópicos do megaesôfago chagásico, de acordo com a classificação radiológica de Rezende, assinale a afirmativa INCORRETA.
  • A. A injeção de toxina botulínica é uma alternativa à dilatação com balão.
  • B. Na dilatação com balão, há risco de ruptura esofágica em 2‐3% dos casos.
  • C. A dilatação por balão está indicada principalmente para o megaesofâgo grau IV.
  • D. Na dilatação endoscópica com balão este deve ser distendido até uma pressão de 7 a 10 psi.

Questão 796384

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 16

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

A classificação proposta por Borrmann, em 1926, conforme o aspecto macroscópico de achados gástricos, ainda é amplamente utilizada por cirurgiões, patologistas e endoscopistas em todo o mundo. Segundo a classificação apresentada, qual dos achados a seguir é classificado como Borrmann tipo IV?
  • A. Lesão polipoide.
  • B. Tumor infiltrativo difuso.
  • C. Úlceras com bordas nítidas.
  • D. Úlceras com bordas infiltrativas.

Questão 796385

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 17

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

Qual é a técnica de hemostasia endoscópica utilizada como primeira opção na Hemorragia Digestiva Alta Varicosa, que detém melhores índices de controle em associação com drogas vasoativas de vasoconstrição esplânica (terlipressina)?
  • A. Ligadura elástica.
  • B. Termocoagulação.
  • C. Injeção de adrenalina.
  • D. Técnica de escleroterapia.

Questão 796386

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 18

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

Assinale a alternativa INCORRETA sobre os conceitos da bioética.

  • A. A autonomia defende a tomada de decisão individual.
  • B. A não maleficência significa primeiro não causar danos.
  • C. O princípio da não maleficência terá prioridade sobre a beneficência, em situações de risco de morte.
  • D. princípio da beneficência é o benefício de uma ação, dependente de seus custos e possíveis danos.

Questão 796387

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 19

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

A úlcera péptica associada a gastrinoma ou Síndrome de Zollinger‐Ellison (SZE) é caracterizada por úlcera péptica de evolução tormentosa, hipersecreção acentuada de ácido pelo estômago e tumor pancreático de células não pertencentes à linhagem beta das ilhotas pancreáticas. Sobre os sinais de alerta para a possibilidade de gastrinoma, marque V para as alternativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) Úlceras recorrentes pós‐operatórias.

( ) Úlceras associadas a diarreia ou cálculo renal.

( ) Úlceras H. pylori negativas.

( ) Úlceras em pacientes com história pessoal ou familiar sugestiva de tumor de hipófise ou paratiroide.

A sequência está correta em

  • A. V, V, F, F.
  • B. V, V, F, V.
  • C. F, F, V, F.
  • D. F, V, F, V.

Questão 796388

Prefeitura de Pato de Minas - MG 2015

Cargo: Técnico de Nível Superior I - Área Médico Endosocopista / Questão 20

Banca: CONSULPLAN Consultoria (CONSULPLAN)

Nível: Superior

É notório que existe atualmente a necessidade da hierarquização dos problemas e das soluções que se apresentam para que não se perca a coerência na assistência ao idoso: deve ser sempre lembrado que, à medida que o envelhecimento progride, o prognóstico passa a ocupar lugar de destaque em relação ao diagnóstico e a algumas terapêuticas indicadas. Isso torna imperativo o conhecimento do idoso e do processo que o envolve para que se possa avaliar a relação entre o risco e o benefício de certas condutas. Nesse sentido, é correto afirmar que
  • A. a medicina baseada em evidências não se aplica a pacientes idosos ou terminais, tanto que medidas extremas são aceitas mesmo sem comprovação científica de sua efetividade.
  • B. é desnecessária na medicina a discussão pautada na equalização dos custos com a assistência sem desvios dos preceitos éticos e morais, de modo a promover um maior controle de custos que não prive o idoso de suas necessidades.
  • C. deve‐se lançar mão de todos os meios diagnósticos e terapêuticos nas mais diversas ocorrências, mesmo em se tratando de pacientes idosos e terminais, independente da vontade destes – ainda que tais medidas não contribuam para a cura ou alívio do seu sofrimento.
  • D. as diversas situações clínicas, que se apresentem ao paciente idoso devem ser avaliadas de maneira particular em cada caso; e, a partir dessa avaliação, realizar uma abordagem diagnóstica e terapêutica específica à situação de cada paciente. A decisão quanto ao procedimento terapêutico a ser adotado deve tomar por base, também, a relação custo/benefício de responsabilidade entre o médico e seu paciente ou o responsável legal deste.

Questão 576564

Secretaria de Estado da Saúde - DF (SES/DF) 2013

Cargo: Programa de Residência Médica - Área Endoscopia Respiratória / Questão 1

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Um paciente de sessenta e cinco anos de idade, tabagista de cinquenta anos-maço, apresenta tosse produtiva há cerca de vinte anos e dispneia progressiva há cinco anos. No momento, apresenta dispneia até para vestir-se ou tomar banho. A PaO2 é de 50 mmHg e a PaCO2 de 48 mmHg.

Considerando as informações do caso clínico acima, julgue os itens que se seguem.

Ausência de espirometria, nesse caso, impossibilita o diagnóstico de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

  • E. Errado
  • C. Certo