Medicina Especialidade Endoscopia

A colonoscopia, realizada em portadores de doenças inflamatórias, possibilita uma avaliação criteriosa da mucosa intestinal. Tanto a doença de Crohn como a retocolite ulcerativa apresentam aspectos endoscópicos, em geral, bastante característicos.

 Sendo assim, é INCORRETO afirmar:

  • A. Na doença de Crohn dos cólons, ao contrário da retocolite ulcerativa, o reto tende a se apresentar pouco comprometido ou até mesmo endoscopicamente normal.
  • B. O valor das biópsias na doença de Crohn é limitado, enquanto na retocolite ulcerativa podem definir não só o diagnóstico, mas também acrescentar ou-tras informações importantes.
  • C. Na doença de Crohn, o comprometimento saltitante da mucosa é bastante significativo, enquanto, na retocolite ulcerativa, as alterações tendem a ser uniformes ao longo dos segmentos afetados.
  • D. Na doença de Crohn, em 1/3 dos casos onde há comprometimento do intestino grosso, o íleo distal encontra-se comprometido. Já na retocolite ulcerativa não ocorrem alterações inflamatórias do íleo terminal.