Medicina Especialidade Endoscopia

Mulher de 62 anos, hipertensa e previamente colecistectomizada, procura atendimento em prontosocorro devido à febre de 38,2ºC, dor tipo cólica, em hipocôndrio direito, e icterícia de escleras, iniciados há 2 dias. Realizou-se ultrassom de abdome total, o qual detectou a presença de cálculo impactado em ducto colédoco suprapancreático com dilatação da via biliar extra-hepática. Seu hemograma apresentou leucocitose e havia elevação dos níveis de bilirrubina total (às custas de bilirrubina direta). Os níveis de amilase e lipase mostraram-se normais.

Com relação a esse caso clínico, qual a conduta CORRETA a ser realizada?

  • A.

    Internação hospitalar e descompressão da via biliar através de cirurgia videolaparoscópica com colocação de dreno de Kher em ducto colédoco.

  • B.

    Alta hospitalar com antibioticoterapia e antiespasmódicos.

  • C.

    Internação hospitalar, antibioticoterapia e início de ácido urso deoxicólico 15 a 20 mg/kg/dia.

  • D.

    Internação hospitalar, antibioticoterapia e descompressão da via biliar através de drenagem transparieto-hepática.

  • E.

    Internação hospitalar, antibioticoterapia e descompressão da via biliar através de colangiopancreatografia endoscópica retrógrada (CPER).