Medicina Especialidade Endoscopia

Um paciente de dezenove anos de idade relatou crises de dispneia e chiado torácico ocorridas desde a infância, desencadeadas por poeira ou cheiro forte, aliviadas com uso de fenoterol. No último ano, apresentou sintomas diários, acordando pelo menos uma ou duas vezes durante as madrugadas por causa da dispneia. A radiografia de tórax foi normal e a espirometria indicou disfunção obstrutiva, com volume expirado forçado no primeiro segundo (VEF1) igual a 53%.

Considerando as informações desse caso clínico, julgue os itens a seguir.

Com base nas informações fornecidas, conclui-se que o diagnóstico mais provável é o de asma brônquica grave.

  • C. Certo
  • E. Errado