Medicina Especialidade Endoscopia

As infecções oportunísticas do esôfago podem surgir nos indivíduos submetidos a terapia imunossupressiva e nos portadores de síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA). Muitas vezes, o diagnóstico macroscópico dessas lesões do esôfago, realizado pela endoscopia, necessita de biópsia para identificação do agente etiológico. De acordo com essas informações, julgue os itens abaixo, relacionados ao comprometimento do esôfago na SIDA.

Nas úlceras provocadas pelo vírus herpes simples, a biópsia deve ser direcionada para as bordas da úlcera, onde podem ser identificados corpos de inclusão intranucleares eosinofílicos de Cowdry do tipo A.

  • C. Certo
  • E. Errado